quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Garotas Grandes Não Choram

O cheiro de sua pele está grudado em mim agora. Você provavelmente está voltando prá casa. Eu preciso de algum abrigo para minha própria proteção, baby. Ficar comigo mesma concentrada, lúcida, em paz, serena...
Eu espero que você saiba que isso não tem nada a ver com você. Isso é pessoal, eu mesma e eu... Nós temos que ajeitar algumas coisas. E eu sentirei sua falta como uma criança sente falta do seu cobertor, mas eu tenho que seguir em frente com a minha vida. Chegou a hora de ser uma garota grande... E garotas grandes não choram.
O caminho que eu estou trilhando, eu devo por enquanto ir sozinha... Eu tenho que dar pequenos passos até estar totalmente amadurecida.
Contos de fada nem sempre têm finais felizes, não é? E eu abandonarei a escuridão à frente se eu ficar...
Eu espero que você saiba que isso não tem nada a ver com você. Isso é pessoal, eu mesma e eu... Nós temos que ajeitar algumas coisas. E eu sentirei sua falta como uma criança sente falta do seu cobertor, mas eu tenho que seguir em frente com a minha vida. Chegou a hora de ser uma garota grande... E garotas grandes não choram.
Como colegas no pátio da escola nós jogaremos cartas. Eu serei sua melhor amiga e você será meu namorado... Sim, você pode segurar minha mão, se quiser!! Porque eu quero segurar a sua também! Nós seremos parceiros e amantes e compartilharemos nossos mundos secretos...
Mas chegou a hora de eu ir pra casa. Está ficando tarde, escuro lá fora, e eu preciso ficar sozinha concentrada, lúcida, em paz, serena...
Eu espero que você saiba que isso não tem nada a ver com você. Isso é pessoal, eu mesma e eu... Nós temos que ajeitar algumas coisas. E eu sentirei sua falta como uma criança sente falta do seu cobertor, mas eu tenho que seguir em frente com a minha vida. Chegou a hora de ser uma garota grande... E garotas grandes não choram.

1 comentários:

Mauricio disse...

Casulinho da Nina...quero ficar do lado de fora quando precisar, mas bem na portinha. Qualquer coisa que você precisar (ou eu achar que você está precisando), vou estar ali, de braços abertos e sorriso no rosto.
E você tá cada vez ficando mais "garota grande"...e eu fico pasmo, babando, olhando encantado da pequena que me chama de namorado!

Seu Apoio Juridico

Medicina em Foco - últimas postagens