sábado, 29 de agosto de 2009

Intoxicação de Gatos por Plantas Caseiras

Estou escrevendo hoje para dar um alerta a todos aqueles que tem gatos em casa. Algumas plantas aparentemente inofensivas que temos em casa podem MATAR nossos gatos. Elas são tóxicas para eles e, caso seu gato as coma, você deve levá-los imediatamente num veterinário, mesmo que seja de madrugada.
Foi o que aconteceu comigo na noite passada: Comprei essa semana um vaso de lírio rosa e coloquei em cima do fogão (lugar inacessível para ela). Quando fui cozinhar a noite, coloquei o vaso em cima da mesa. Foi questão de 5 min de distração e a Marie comeu 6 folhinhas de lírio. Liguei para a veterinária dela em SP que me orientou a levá-la imediatamente numa emergência aqui em Santos. Foi o que fizemos. Em meia hora já estavamos em uma clínica 24h onde o médico começou os procedimentos. Ele tentou fazê-la vomitar com salmoura, H²O² (peróxido de hidrogênio) e até com cálcio intravenoso, mas foi em vão. Então ela foi colocada no soro para tentar diluir a toxina. Nessa hora ela já estava letárgica (bem molinha), sonolenta, com as pupilas dilatadas e uma senhora taquicardia, mesmo com todo os procedimentos, o que nos deixou bem preocupados. Com a diluição do soro, ela começou a se recuperar e foi liberada para casa. Hoje, menos de 12hs depois, ela está ótima! Já fez outro retorno no vet que nos disse para ficarmos despreocupados. Devo lembrar que, em menos de 1h depois dela comer as folhas de lírio ela jaá estava no soro e já tinha sofrido vários procedimentos de emergência. A intoxicação é muito rápida e deve ser tratada com muita urgência! Graças a Deus, a São Francisco de Assis e à competência do Dr. Roberto Horn, nossa Marie está feliz e saudável aqui do nosso lado! Bom, esse foi o acontecido dessa madrugada.

O texto a seguir foi um dos que nos orientou logo depois de vermos que ela comeu as folhas de lírio. A tradução e o resumo livre é meu e, desculpe qualquer erro.
Texto original aqui: http://blog.wkf.com/easter-lily-plant-toxicity-and-cats/?lang=pt

* Várias plantas caseira podem ser tóxicas para nossos animais de estimação, e praticamente todas as espécies de lírios causam insuficiência renal aguda em gatos.
* Outros animais, como cães e coelhos não parecem ser afetados.
* Lírios normalmente têm folhas macias, lineares, crescem da base para o topo.
* As flores são brancas, amarelas, rosa ou laranja e florescem mais no verão.
* O princípio ativo tóxico dessas plantas é desconhecido, mas todas as partes da planta, incluindo suas folhas, caule e flor são aparentemente tóxicas.

Sinais Clínicos

* Depois que um gato comeu uma parte de lírio, sinais estomacais altos (vômito, falta de apetite, letargia) podem estar presentes.
* É de extrema importância seguir para uma emergência o mais rápido possível para começar o tratamento. Em aproximadamente 2 a 4 dias após a ingestão da planta, sinais de falha renal podem começar, o que pode incluir perda de apetite, depressão, vômitos e parada de eliminação de urina.

Diagnóstico

* Diagnóstico de ingestão de lírio é baseada na história pregressa, da constatação ou testemunho da ingestão de uma parte da planta, ou vendo partes da planta no vômito.
* Não existem testes diagnósticos conhecidos para confirmação de intoxicação por lírio.
* Se o seu gato tiver evidências de falha renal, baseada em testes sanguíneos, é importante falar para seu veterinário se há a possibilidade de seu gato ter comido partes de lírio.

Tratamento

* Tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível para ter sucesso, focando inicialmente em esvaziar o estômago em até 4 horas da ingestão da planta, e administrar medicamentos para prevenir a absorção da toxina pelo trato gastrointestinal. Quando você ligar para seu veterinário ou uma clínica de emergência, você pode ser orientado a induzir o vômito em casa usando água oxigenada (peróxido de hidrogênio), ou então ser orientado a levar seu gato até o hospital veterinário imediatamente.
* Também é essencial iniciar terapia fluida intravenosa para aumento da diurese pelo menos nas primeiras 24h para ter certeza de que os rins continuarão funcionando apropriadamente.
* Se o estômago não for esvaziado e se medicamentos não forem dados para prevenir a absorção da toxina, a insuficiência renal normalmente começa em 2~4 dias. Até esse ponto existem várias opções de tratamento e a mortalidade pela toxina de lírio é alta.

Complicações da Ingestão

* Alguns gatos que passam pela experiência de uma pequena intoxicação podem sofrer suave a moderada insuficiência renal. Nesses casos, eles devem ser internados em terapia intensiva por vários dias para receber terapia fluida e medicamentos para ter certeza de que os rins continuem a produzir urina.
* Os danos aos rins podem ser permanentes, mas se os danos não forem muito severos, o gato pode ser capaz de recuperar sua função. Então será requerido que o gato seja monitorado de perto com uma rotina de exames de sangue para checar a função renal, e pode ser necessário tratamento continuado em casa com terapia fluida subcutânea. Transplante renal pode ser uma opção de tratamento se os rins estiverem em insuficiência. O transplante apenas será feito se não houver mais nenhuma opção de tratamento, senão o rim transplantado também poderá desenvolver disfunção.

Prognóstico

* Se o estômago for esvaziado e medicamentos para prevenir a absorção da toxina forem efetivos, o prognóstico de recuperação é excelente.
* Se for absorvido toxina o suficiente para levar à insuficiência renal aguda, então o prognóstico esperado é ruim, e o índice de mortalidade é alto. Isso faz com que a procura imediata por um serviço de emergência imediatamente após a ingestão seja fundamental para o sucesso do tratamento.

Referências

* Este texto foi traduzido do original em: http://blog.wkf.com/easter-lily-plant-toxicity-and-cats/?lang=pt
* No site ASPCA (American Society for the prevention of cruelty to animals) - http://www.blogger.com/www.aspca.org, existe uma sessão "National Animal Poison Control" onde se encontra uma lista de todas as plantas tóxicas e não-tóxicas.

Outras plantas que também são bastante tóxicas e devem render preocupações são: Samambaia, Renda portuguesa, Espada de São Jorge, Comigo-ninguém-pode. Lírios brancos são ainda mais perigosos que os outros, e as folhas do alto são as que têm mais toxina.
Espero que esse post possa chegar ao máximo de donos de gatos possível e salvar essas vidinhas sapecas e preciosas! Divulguem!
Agradeço muito aos médicos maravilhosos da minha princesinha:

Dra. Gabriela Romano
Centro Médico Veterinário Lins
Av. Lins de Vasconcelos, nº 2635
F.: 5572.9959 / 5084.5641
V.Mariana - São Paulo

Dr. Roberto Horn
Clínica Veterinária e Pet Shop Reino Animal
Rua Azevedo Sodré, nº ???
F.: 3221.1316 / 3221.5533
Santos/SP

sábado, 22 de agosto de 2009

Esplendorosas! Beleza é fundamental

Que a beleza é indispensável, isso todas nós sabemos. Se arrumar é algo que deve ser feito prá gente, um cuidado também para o nosso ego. Por isso acho sim que se cuidar é um investimento. Não é por acaso que o mercado de cosméticos e perfumaria vem crescendo tanto. A cada esquina é possível achar uma casa dessas que vendem tudo o que se possa imaginar em itens, digamos, “indispensáveis” para as mulheres! Até as drogarias que originalmente deveriam vender remédios estão cada vez mais investindo na venda de cosméticos. A procura aumenta, o mercado cresce, e nessas lojas a gente encontra uma infinidade de produtos, com preços diferentes para que possam ser consumidos por uma gama cada vez maior de mulheres. E para que você, assim como eu, não fique perdida entre todas essas maravilhas e ofertas que nos rodeiam, aqui vão algumas dicas do que realmente é indispensável levar na bolsa e sem gastar dinheiro à toa:
  • Filtro solar sempre! – no mínimo FPS15, e lembre-se de passar nas mãos e pescoço também.
  • Batom, rímel e blush – para retocar o visual ao longo do dia
  • Prá completar, base líquida ou pó compacto – se possível aqueles que oferecem hidratação e proteção contra o sol e o envelhecimento. Lembre-se que a pele envelhece e você não quer parecer um maracujá daqui a alguns anos, não é?
Escolha produtos de acordo com a sua pele! Leia o rótulo se você tem uma pele oleosa, prá ver se esse produto contém ativos livres de óleo. Isso é importante para que, ao longo do dia, isso não piore sua pele.
Além disso, você sabia que a maquiagem não deve ficar no rosto por mais de 6 horas? Então é legal ter também uma loção de limpeza, ou lenços umedecidos prá quem tem a pele mais seca.
Lindas! Bem cuidadas, cheirosas e gostosas! Quem não adora olhar no espelho e se sentir maravilhosa? Mãos à obra!

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Recolhendo o coco do Dog

Vai passear com o Totó? Saquinho de lixo para pegar o cocô na rua!!
Tenho reparado que na grande maioria das vezes, mal educado é o dono e não o coitado do cachorro... Sair na rua pisando nas “obrinhas” alheias não dá. Tenha dó, né?

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Mãe de Verdade, Mãe de Coração

Tantas crianças que tenho visto ultimamente sendo abandonadas, vidinhas inocentes sofrendo a crueldade humana desde os primeiros momentos de vida. Felizmente ainda existem mães que são muito mais mães do que aquelas que geraram seus bebês no próprio ventre. Quando ouvi essa história, me emocionei muito e por isso trouxe para compartilhar com vocês aqui no blog. É a história emocionante de uma mulher. O primeiro sonho ela realizou adotando um bebê. O segundo achou que não fosse possível, mas lá no fundo não desistiu. Foi tanto amor que ganhou um presente: Conseguiu amamentar o filho. Um exemplo para outras mães de coração. Abaixo a declaração dessa mãe de verdade e de outros que participaram dessa história:

“Nós decidimos adotar um bebê depois que eu soube que eu não poderia mais engravidar. Mãe é aquela que cuida, quem se dá. Mãe é quem resolve receber alguém na sua vida e dividir, trocar, cuidar desse ser que a gente recebe de Deus. Quando eu soube da possibilidade concreta do João chegar até nós, eu pedi para meu ginecologista me encaminhar para alguém que me pudesse orientar sobre a possibilidade de eu poder amamentá-lo. Fui então encaminhada para o banco de leite. Quando o João chegou, começamos o procedimento que nos foi orientado. O pai ajudou bastante. Ele ficava junto comigo na hora de amamentar e então depois de uma semana usando o estímulo de uma sonda nasogástrica e o João sugando a sondinha através do meu seio, eu já estava com leite. A gente ficou muito feliz na hora que nós fomos levá-lo pela primeira vez no pediatra e que ela constatou que eu estava com leite. A gente chorou, todo mundo se emocionou: eu, meu marido, minha mãe que estava junto, ficamos muito emocionados porque é um milagre, né? Ele graças a Deus está muito saudável, agora já está com 6 meses e meio, mas até os 6 meses eu fiz amamentação exclusiva no peito. Foi maravilhoso! E amamentar foi o maior presente que eu pude dar pro meu filho. A gente não pode desistir. Ter um filho é a coisa mais maravilhosa que pode acontecer na nossa vida." - Sandra Rosa Wojciechowski, psicóloga

Dra. Keiko Teruya é coordenadora do Banco de Leite de Santos, que fica no Hospital Guilherme Álvaro (HGA) – hospital da minha faculdade – e acompanhou a história: “Eu sempre digo que o peito de uma mulher é como se fosse uma caixa d’água. Quanto mais torneirinha ela abrir, quanto mais o leite ela tirar, mais a caixa d’água vai encher de leite.”

“O vínculo mãe-bebê é muito importante. A mãe que amamenta tem um vínculo muito maior, todos os anticorpos que ela passa através da amamentação... Essa criança vai crescer com muito menos doenças, vai ser uma criança muito mais saudável. Já está comprovado que a criança que mama no peito ganha muito mis peso e muito mais rapidamente.” – Roberta Greghi Hernandes, Pediatra do HGA.

Já dizia Carlos Drummond de Andrade: Amar se aprende amando. Peço licença para trocar o verbo: Amamentar se aprende amamentando. Amar é sonhar, acreditar que o sonho pode virar realidade. Amar é superar, por mais altas as barreiras e tortuosos que os caminhos possam parecer. Amar é crer que além do cordão umbilical existe o vínculo especial que alimenta o corpo e a alma de mães e filhos.

“Eu sei mamãe que por um capricho do destino, ou simples desejo Divino não foi em seu ventre que me formei. Eu sei que a primeira vez que você me sentiu mexer foi em seus braços e não em seu ventre. Mas... Mamãe! Há algo mais forte que os laços de sangue: são os laços do coração. E você me acolheu com seus braços quentes, como se eu fosse carne da sua carne. Pôs-me contra o seu peito e eu pude ouvir a voz do seu coração. Talvez você não tenha me dado a vida. Mas me deu certamente uma razão para viver.”
- Letícia Thompson.
Matéria tirada da TV Tribuna – Santos/SP, em 6 de agosto de 2009.

sábado, 8 de agosto de 2009

O Dia da Criação

I
Hoje é sábado, amanhã é domingo
A vida vem em ondas, como o mar
Os bondes andam em cima dos trilhos
E Nosso Senhor Jesus Cristo morreu na cruz para nos salvar.
Hoje é sábado, amanhã é domingo
Não há nada como o tempo para passar
Foi muita bondade de Nosso Senhor Jesus Cristo
Mas por via das dúvidas livrai-nos meu Deus de todo mal.
Hoje é sábado, amanhã é domingo
Amanhã não gosta de ver ninguém bem
Hoje é que é o dia do presente
O dia é sábado.
Impossível fugir a essa dura realidade
Neste momento todos os bares estão repletos de homens vazios
Todos os namorados estão de mãos entrelaçadas
Todos os maridos estão funcionando regularmente
Todas as mulheres estão atentas
Porque hoje é sábado.

II
Neste momento há um casamento. Porque hoje é sábado.
Hoje há um divórcio e um violamento. Porque hoje é sábado.
Há um rico que se mata. Porque hoje é sábado.
Há um incesto e uma regata. Porque hoje é sábado.
Há um espetáculo de gala. Porque hoje é sábado.
Há uma mulher que apanha e cala. Porque hoje é sábado.
Há um renovar-se de esperanças. Porque hoje é sábado.
Há uma profunda discordância. Porque hoje é sábado.
Há um sedutor que tomba morto. Porque hoje é sábado.
Há um grande espírito-de-porco. Porque hoje é sábado.
Há uma mulher que vira homem. Porque hoje é sábado.
Há criançinhas que não comem. Porque hoje é sábado.
Há um piquenique de políticos. Porque hoje é sábado.
Há um grande acréscimo de sífilis. Porque hoje é sábado.
Há um ariano e uma mulata. Porque hoje é sábado.
Há uma tensão inusitada. Porque hoje é sábado.
Há adolescências seminuas. Porque hoje é sábado.
Há um vampiro pelas ruas. Porque hoje é sábado.
Há um grande aumento no consumo. Porque hoje é sábado.
Há um noivo louco de ciúmes. Porque hoje é sábado.
Há um garden-party na cadeia. Porque hoje é sábado.
Há uma impassível lua cheia. Porque hoje é sábado.
Há damas de todas as classes. Porque hoje é sábado.
Umas difíceis, outras fáceis. Porque hoje é sábado.
Há um beber e um dar sem conta. Porque hoje é sábado.
Há uma infeliz que vai de tonta. Porque hoje é sábado.
Há um padre passeando à paisana. Porque hoje é sábado.
Há um frenesi de dar banana. Porque hoje é sábado.
Há a sensação angustiante. Porque hoje é sábado.
De uma mulher dentro de um homem. Porque hoje é sábado.
Há uma comemoração fantástica. Porque hoje é sábado.
Da primeira cirurgia plástica. Porque hoje é sábado.
E dando os trâmites por findos. Porque hoje é sábado.
Há a perspectiva do domingo. Porque hoje é sábado.

III
Por todas essas razões deverias ter sido riscado do Livro das Origens, ó Sexto Dia da Criação.
De fato, depois da Ouverture do Fiat e da divisão de luzes e trevas. E depois, da separação das águas, e depois, da fecundação da terra. E depois, da gênese dos peixes e das aves e dos animais da terra. Melhor fora que o Senhor das Esferas tivesse descansado. Na verdade, o homem não era necessário. Nem tu, mulher, ser vegetal, dona do abismo, que queres como as plantas, imovelmente e nunca saciada. Tu que carregas no meio de ti o vórtice supremo da paixão. Mal procedeu o Senhor em não descansar durante os dois últimos dias. Trinta séculos lutou a humanidade pela semana inglesa. Descansasse o Senhor e simplesmente não existiríamos. Seríamos talvez pólos infinitamente pequenos de partículas cósmicas em queda invisível na terra. Não viveríamos da degola dos animais e da asfixia dos peixes. Não seríamos paridos em dor nem suaríamos o pão nosso de cada dia. Não sofreríamos males de amor nem desejaríamos a mulher do próximo. Não teríamos escola, serviço militar, casamento civil, imposto sobre a renda e missa de sétimo dia. Seria a indizível beleza e harmonia do plano verde das terras e das águas em núpcias. A paz e o poder maior das plantas e dos astros em colóquio. A pureza maior do instinto dos peixes, das aves e dos animais em cópula. Ao revés, precisamos ser lógicos, freqüentemente dogmáticos. Precisamos encarar o problema das colocações morais e estéticas. Ser sociais, cultivar hábitos, rir sem vontade e até praticar amor sem vontade. Tudo isso porque o Senhor cismou em não descansar no Sexto Dia e sim no Sétimo. E para não ficar com as vastas mãos abanando, resolveu fazer o homem à sua imagem e semelhança. Possivelmente, isto é, muito provavelmente, porque era sábado.
- Vinícius de Morais

Seu Apoio Juridico

Medicina em Foco - últimas postagens