quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Preparação para o Natal

Todo ano é a mesma coisa. Acho o natal uma data muito melancólica!
Não entendo essa alegria de fim de ano que tantas pessoas falam!
Chega dezembro, lá vou eu colocar as bolinhas na árvore, pinduro uma guirlanda na porta, e espero - como quem espera a chegada do Papai Noel - a chegada dessa alegria toda. Mas só o que eu encontro é a tal da melancolia. Por isso estou refletindo agora: Será que é por enxergar as promessas e desejos não realizados? Taí um bom ponto a ser analisado, um ponto que tem fundamento. A decepção maior prá pessoas perfeccionistas como eu é consigo própria. O perfeccionismo pode ser um grande defeito, muito além das declarações de miss: "Qual seu maior defeito??? O perfeccionismo..!" Ah... Tá...
Esse encontro com suas decepções pode vir à tona com o encontro de pessoas que te cobram (negativamente, claro!) sobre a sua vida. Ansiosos prá saber da última fofoca. Como se para subir na vida a gente precisasse rebaixar quem está à nossa volta. Os Parentes. Sim... muitos infelizmente não posso chamar de família. Família deveria ter afeição, ternura, querer bem. Porém, poucos são os casos assim que a gente conhece. Muitas vezes parece até um passeio por uma filial do instituto Butantã! Família mesmo, prá mim, é o círculo mais próximo (pai, mãe, irmãos, filhos, etc.) Tios? Primos? São parentes. Desculpe o desabafo! Mas é que, mais uma vez, vejo as lindas propagandas de TV, as promessas mais mágicas, mas prá mim isso só está nos contos de fadas, histórias da carochinha, ou prá quem acredita em Papai Noel.............. Acho que eu preciso ir atrás do Papai Noel, já que ele não vem...

0 comentários:

Seu Apoio Juridico

Medicina em Foco - últimas postagens